Pelecanus

Logo Pelecanus

Os 6 Principais Lugares Recomendados para Visitar Comunidades Indígenas na Colômbia

Wayuu family from La Guajira Colombia

Atualizado em 18/06/2024

Caro leitor,
Também gostaria de recomendar nosso guia de viagem para a Colômbia, que oferece uma visão geral perfeita das atrações turísticas do país. Aproveite a leitura.

Já imaginou fazer uma imersão em uma comunidade remota que tem seu próprio idioma, cultura e visão de mundo? Neste blog, mostramos alguns dos lugares na Colômbia onde você pode fazer isso acontecer.

Por Que Visitar Comunidades Indígenas na Colômbia?

  • É uma oportunidade única de conhecer algumas das mais de 115 comunidades indígenas que existem atualmente no país.
  • Se você gosta de aprender coisas novas, esta é a melhor maneira de mergulhar nas tradições, costumes e estilos de vida que preservaram sua identidade e resistiram à colonização, violência e marginalização.
  • É uma forma de apoiar a autonomia dessas comunidades que enfrentam desafios territoriais, econômicos e políticos.
  • E, como se não bastasse, as paisagens variam de cadeias montanhosas nevadas a florestas tropicais onde essas comunidades residem, e são simplesmente de tirar o fôlego.

Lugares para Visitar Comunidades Indígenas na Colômbia

Povo Indígena Wayuú – La Guajira

Localização: Punta Gallinas em La Guajira, no norte da Colômbia, marca o ponto mais setentrional da Colômbia e da América do Sul.

A comunidade Wayuú é o maior grupo indígena da Colômbia, com mais de 390.000 indivíduos. Eles vivem no deserto de La Guajira e são alguns dos habitantes mais antigos da região.

Punta Gallinas também é um dos destinos turísticos mais populares do país. Graças ao turismo, a cultura Wayuú tornou-se bastante popular em todo o território nacional.

Nessa terra de sol puro, areia e ventos, eles preservaram seus costumes, modo de vida e tradições.

Wayuu family from La Guajira Colombia

Atividades durante sua visita aos Wayuú:

  • Nesta tribo, você sempre será integrado às suas práticas tradicionais, como tecer as famosas mochilas e redes Wayuú, ou participar da Dança Yona ou Chichamaya.
  • Você pode provar um prato de friche, uma comida típica à base de cabra, e brindar com chirrinchi, um licor destilado feito de panela, um suco de cana-de-açúcar.
  • Os locais convidarão você a passar uma noite em suas Rancherías, moradias típicas Wayuu, sob as estrelas, onde compartilham suas histórias ancestrais com você.
  • O uso de pinturas faciais com figuras representando a conexão com a natureza e seus antepassados é bastante comum. Se você já viu blogs no YouTube sobre essa jornada, é normal que os visitantes participem desse ritual.

Povos Indígenas Kogui, Wiwa e Arhuacos – Sierra Nevada de Santa Marta

Localização: A Sierra Nevada de Santa Marta está localizada ao norte da Colômbia, na costa caribenha, a 42 km das praias de Santa Marta.

A Sierra Nevada de Santa Marta é um lugar muito espiritual no país, como visitar um mosteiro Shaolin na China.

A civilização Tayrona se estabeleceu aqui entre os séculos XI e XII, antes da chegada dos espanhóis em 1498. Seus descendentes, os Kogui, Wiwa e Arhuacos, atualmente habitam esse lugar.

Atividades durante sua visita a essas tribos:

  • Um dos destaques ao visitar essas comunidades é fazer uma trilha até a Cidade Perdida, uma antiga cidade de 700 a.C., recentemente descoberta e considerada sagrada.
  • Nesta aventura, essas comunidades convidam você a participar de seus famosos rituais de purificação e espiritualidade, que servem para relaxar ou trazer boa sorte em sua jornada. Alguns turistas até se casam seguindo as tradições dessas comunidades.
  • Líderes comunitários frequentemente pedem aos visitantes que participem e se envolvam com a comunidade e suas atividades. Claro, é normal receber muita comida o tempo todo.

Para visitar os Arhuacos

  • Você pode visitar Nebusimake, um assentamento com 60 casas feitas de palha e paredes de pedra, bastante popular para o turismo.
  • É necessário mostrar respeito e um interesse genuíno em conhecer o lugar, caso contrário, será difícil entrar em suas terras sagradas.

Para visitar os Wiwa

  • O assentamento Gotzeshy na bacia do rio Guachaca é um dos melhores lugares para visitar esta comunidade. Habitadas por cerca de 50 famílias, também é muito turístico para banhos em rios e cachoeiras.

Para visitar os Kogui

  • Seydukwa é um dos poucos lugares onde o turismo é permitido, a apenas uma caminhada de 2 horas de Palomino. Se você quer experimentar a vida autêntica dos Kogui, este é o melhor lugar.

Povo Indígena Tikuna – Amazonas

Localização: Esta tribo está localizada perto do rio Amazonas e seus afluentes, na fronteira com Peru e Brasil, na região do Amazonas.

Os Tikuna são uma tribo com mais de 20 grupos habitando a selva amazônica na Colômbia e no Brasil.

Visitar esta tribo pode ser enriquecedor, pois você se imerge em uma comunidade com uma enorme cultura ancestral e um modo de vida baseado na natureza, diferente de qualquer outra tribo.

Ticuna indigenous hut in Colombian amazon

Atividades durante sua visita aos Tikuna:

  • As reservas de San Antonio de los Lagos e San Sebastián no Amazonas colombiano são alguns dos lugares mais turísticos para sua imersão Tikuna.
  • Na chegada, os membros lhe dão as boas-vindas com os braços abertos e realizam uma cerimônia de boas-vindas, limpando suas energias negativas e discutindo sobre a natureza e sua conexão com o universo.
  • Uma de suas atividades mais notáveis é a pintura natural extraída de plantas e minerais, usada para artesanato e rituais. Participar de um workshop de arte com esta tribo é verdadeiramente fascinante.
  • A comunidade convida você a explorar trilhas naturais onde aprende sobre o poder medicinal das plantas e sua importância no cotidiano. Se adoecer, pode consultar curandeiros tradicionais que usam plantas nativas para curar seu povo.
  • A “minga” são atividades comunitárias muito importantes praticadas por essa tribo. Quanto mais você participar das tarefas diárias, mais respeito e confiança eles terão por você.

Povo Indígena Wounaan – Chocó

Localização: Esta tribo geralmente está localizada no norte de Chocó, na área do rio San Juan, onde seu afluente flui.

Os Wounaan são uma das tribos que habitam a costa pacífica colombiana, conhecidos principalmente por sua habilidade em agricultura, cestaria, pintura corporal e entalhes em madeira.

Eles geralmente se organizam socialmente em famílias extensas e uma autoridade mágico-religiosa chamada Jaibaná. São muito sociáveis e totalmente abertos ao turismo para mostrar seu modo de vida.

Atividades durante sua visita aos Wounaan:

  • Você será recebido nesta comunidade pela primeira vez com porções de alimentos como peixe, milho e banana, que são as principais colheitas ao longo do ano.
  • Outra atividade é explorar trilhas para observar a flora e fauna nativas, pois é uma área de selva rica em biodiversidade.
  • Eles convidam você a participar de atividades típicas como artesanato com pintura corporal, e também o levarão à selva para coletar itens essenciais como água ou alimentos.
  • À noite, insistem que você participe de suas danças e rituais de cura, onde a chicha, uma bebida fermentada ancestral, está envolvida. Não recuse! Eles também lhe fornecerão espaço para hospedagem em suas cabanas tradicionais.
  • Por respeito, você deve pedir permissão se quiser tirar fotografias ou vídeos.

Povo Indígena Misak ou Guambiano – Cauca

Localização: No sudeste do departamento de Cauca, no Resguardo de Guambía, no município de Silvia.

Os Misak, também conhecidos como Guambianos, são um grupo indígena muito particular. Você notará suas roupas distintas com cores vibrantes.

São artesãos altamente qualificados na produção têxtil e sempre tentam representar ou mostrar aos turistas sua identidade cultural, bem como sua conexão com a terra através do modo de vestir.

A arte têxtil e a agricultura, como o cultivo de batatas, café e outros grãos, são partes essenciais de sua vida diária.

Atividades durante sua visita aos Misak:

  • Primeiramente, as mulheres Misak são responsáveis por receber os turistas e explicar o processo típico de cultivo, convidando você a participar.
  • Elas mostrarão suas casas, sendo muito abertas aos estrangeiros e ensinando tudo, desde a cozinha até os quartos.
  • Em muitos casos, essas famílias costumam ter suas fábricas de roupas em suas próprias casas. As mulheres Misak ensinarão os estilos de fabricação e bordado que usam para fazer suas roupas típicas.
  • Claro, eles também acreditam na medicina natural, então você aprenderá o processo de fabricação de remédios com plantas como o frailejón, uma joia floral que veneram nesse lugar.
  • Em Silvia, Cauca, você não só pode interagir com eles, mas também encontrar mercados com produtos Misak e de outras regiões indígenas da Colômbia.

Povo Indígena Nasa – Cauca

Localização: Nos municípios de Inza e Belalcázar, no território de Tierradentro, em Cauca, sul da Colômbia.

Os Nasa são uma das comunidades mais fortes e numerosas do país, uma das poucas que resistiram completamente à conquista espanhola, com uma atitude rebelde característica.

Em certo momento, chegaram a assassinar o filho de um líder da coroa espanhola e frequentemente causavam muitos problemas para os espanhóis.

No território de Tierradentro, há mais de 36.000 famílias que você pode visitar, preservando sua cosmovisão, língua e costumes mais antigos. Continua sendo um grupo étnico com espírito guerreiro e rebelde.

Atividades durante sua visita aos Nasa:

  • Ao chegar à comunidade, os anciãos o recebem e convidam para participar do ritual “Yuwe” à noite, ao redor de uma fogueira, para harmonizar suas energias negativas.
  • Café e panela, extraídos da cana-de-açúcar, são essenciais na dieta diária dessa comunidade. Líderes levarão você a uma fazenda local para mostrar o processo de extração e seus usos ancestrais.
  • Eles também o levarão à reserva ancestral Nasa, onde você pode se integrar diretamente com a comunidade e participar de suas práticas diárias, como agricultura, tecelagem, culinária, tocando instrumentos e conhecendo seus músicos ancestrais.
  • Assim como os Tikuna, atividades comunitárias nessa tribo são muito valorizadas. Algumas pessoas dentro dessa comunidade preferem sua participação nessas atividades a receber dinheiro.

Recomendações para Visitar Comunidades Indígenas na Colômbia

  • Use roupas esportivas confortáveis, como tênis, agasalhos e chapéus de sol.
  • Leve protetor solar e repelente de mosquitos, de preferência biodegradáveis.
  • Durante sua expedição, sempre carregue dinheiro em espécie.
  • Você pode levar uma garrafa de água reutilizável para se hidratar e evitar gerar mais lixo.
  • Esteja sempre aberto e disposto a interagir com outras culturas locais, respeitando todos.
  • Não jogue lixo no chão. Mostre respeito pelo meio ambiente, pois é um símbolo sagrado para essas comunidades.

Mais experiências de turismo de natureza na Colômbia

Aqui encontrará uma lista de destinos incríveis para caminhadas e outras actividades na natureza na Colômbia:

Search

About Author

Frank

Frank

Olá, eu sou Frank Spitzer, o fundador e o coração por trás da Pelecanus, uma operadora de turismo especializada em viagens na Colômbia. Meu percurso em viagens é amplo — já viajei para mais de 60 países, absorvendo culturas, experiências e histórias. Desde 2017, tenho usado essa riqueza global de experiência para criar experiências de viagem inesquecíveis na Colômbia. Sou reconhecido como uma das principais autoridades em turismo colombiano e tenho uma profunda paixão por compartilhar esse belo país com o mundo. Você pode ver um pouco das minhas aventuras de viagem e percepções sobre a Colômbia no meu canal do YouTube. Também sou ativo em plataformas de mídias sociais, como TikTok, Facebook, Instagram e Pinterest, onde compartilho a cultura vibrante e as paisagens deslumbrantes da Colômbia. Para fazer contatos profissionais, fique à vontade para se conectar comigo no LinkedIn. Junte-se a mim nesta incrível jornada e vamos explorar as maravilhas da Colômbia juntos!

youtube Facebook Instagram Pinterest Tiktok