Pelecanus

Logo Pelecanus

Dicas Essenciais Para Lidar com um Ataque de Animal Perigoso na Colômbia

Cayman in Casanare Orinoco plains Colombia

Atualizado em 07/05/2024

Caro leitor,
Também gostaria de recomendar nosso guia de viagem para a Colômbia, que oferece uma visão geral perfeita das atrações turísticas do país. Aproveite a leitura.

Muitos dos turistas que vêm à Colômbia gostam da natureza. Além disso, você aprenderá dicas úteis para possíveis encontros desagradáveis durante sua expedição no país.

O Jacaré Preto

Embora os ataques de jacaré-réptil sejam raros na Colômbia, não faltam aventureiros que se atrevem a explorar seus territórios.

O jacaré-preto (Melanosuchus niger) é um réptil endêmico da América do Sul, medindo de 5 a 6 metros e pesando cerca de 450 quilogramas. É o terceiro maior crocodilo da América, um verdadeiro monstro.

  • Características: Sua coloração verde-escuro permite que ele se camufle na vegetação aquática, onde persegue sua presa. Pode nadar a quase 50 km/h na água.
  • Dieta: É carnívoro e se alimenta de peixes, répteis, aves e mamíferos.
  • Habitat: Vive em habitats de água doce, como lagos, rios de corrente lenta, savanas inundadas, especialmente em áreas como Putumayo, Vaupés e na maior parte da Amazônia colombiana.
  • Situação: Atualmente enfrenta problemas devido à caça furtiva, devido à qualidade de sua pele, muito desejável para os comerciantes.

Conselhos

  • Se você planeja visitar áreas onde o jacaré-preto reside, evite se aproximar da água ou nadar nela, especialmente à noite, quando esses jacarés estão mais ativos.
  • Mantenha uma distância segura e evite perturbá-los, embora possam não ser muito hostis. São genuinamente territoriais e agressivos quando estão protegendo sua prole ou procriando. Em caso de encontro acidental, afaste-se lentamente.
  • Se for atacado, a primeira coisa a fazer é tentar acertar os olhos ou focinho, pois são suas áreas mais sensíveis.
  • Procure ajuda médica imediatamente se sofrer uma mordida, pois pode causar infecções graves devido à sua mordida profunda. Se houver sangramento, aplique pressão na ferida com algum pano disponível.

O Sapo Dourado Venenoso

O sapo dourado venenoso (Phyllobates terribilis) é considerado o animal vertebrado mais tóxico do planeta e é encontrado na Colômbia.

  • Características: Você poderá identificá-lo, pois ele varia entre amarelo claro, laranja e verde pálido. Mede 5 centímetros e vive principalmente em florestas tropicais no departamento de Valle del Cauca, na costa do Pacífico colombiano. Prefere climas quentes e evita áreas urbanas.
  • Comportamento: Eles não são agressivos, mas se defendem com seu veneno contra possíveis ameaças.
  • Toxicidade: Sua pele contém uma substância chamada batrachotoxina, que bloqueia a transmissão de impulsos do sistema nervoso e pode causar paralisia respiratória, arritmia cardíaca e morte.
  • Letalidade: Estima-se que um único sapo tenha a capacidade de matar 10 pessoas.

Conselhos

  • Em qualquer lugar do país, se você ver sapos de cores vivas, não se aproxime deles ou tente tocá-los ou pegá-los; são sacos de veneno mortais.
  • Se você visitar áreas em Valle del Cauca onde este sapo específico é encontrado, evite tocar ou manipulá-lo; apenas admire-o de longe.
  • Você deve saber que o veneno pode penetrar facilmente em feridas ou membranas mucosas. Não há antídoto conhecido se você entrar em contato com seu veneno.
  • Em caso de contato, lave a área com bastante água e remova qualquer roupa que possa comprimir a circulação. Procure atendimento médico imediatamente. Eles fornecerão tratamento sintomático com medicamentos apropriados.

Escorpiões Tityus

Os casos de picadas de escorpião não são tão comuns na Colômbia. Entre 2015 e 2017, foram registrados 116 casos de picadas de escorpião Tityus no país.

Os escorpiões Tityus são os escorpiões mais venenosos da América do Sul.

  • Habitat: Estão distribuídos por grande parte da Colômbia, especificamente em territórios quentes e úmidos, como selvas e costas do país. Eles também se adaptaram para viver em áreas urbanas.
  • Veneno: Seu veneno é tão forte que age no sistema nervoso. Pode causar dor intensa, inchaço, dormência, sudorese excessiva, taquicardia, dificuldade respiratória e hipertensão. É 100 vezes mais forte do que o de uma cascavel.
  • Características: Se você quiser identificá-los, eles são marrons ou amarelos claros em suas extremidades, não são brilhantes, têm pele áspera e geralmente crescem até 7 centímetros.
  • Comportamento: Não é uma espécie agressiva, mas não hesitará em picar se você tentar manuseá-lo ou capturá-lo.

Conselhos

  • Para evitar encontros desagradáveis com escorpiões, verifique suas roupas antes de vesti-las, especialmente calçados como botas ou sapatos.
  • Sacuda as roupas e use luvas grossas se necessário.
  • Esses escorpiões podem facilmente infiltrar residências, então verifique se há rachaduras, buracos nas paredes ou lacunas no chão.
  • Se picado, primeiro limpe a área com água e sabão, aplique compressas frias na área afetada e eleve o membro afetado por alguns minutos para evitar a propagação do veneno.
  • Não aplique torniquetes, cauterize ou sugue a ferida, pois isso pode piorar a infecção.
  • Existem antídotos e soros antiescorpiônicos para picadas dessa espécie. Embora não sejam fabricados na Colômbia, você pode ter a sorte de encontrá-los em um hospital. Caso contrário, você pode ser tratado com outros tipos de soros intravenosos.

A Aranha Banana (Phoneutria)

Estima-se que ocorram 5 mortes por ano na Colômbia devido a esta espécie.

A aranha banana (Phoneutria nigriventer) é uma espécie fascinante de aracnídeo e, segundo o Guinness World Records, é a aranha mais venenosa do planeta.

  • Características: Você pode facilmente identificá-la por sua aparência imponente, marrom escuro, com alguns pelos vermelhos perto de suas glândulas de veneno. Tem pernas grossas e peludas que permitem que ela se mova com agilidade e geralmente mede cerca do tamanho da palma da mão.
  • Atividade: Esta aranha não constrói teias, mas caça ativamente no chão e se esconde em plantações para atacar suas presas, como lagartos, morcegos e todos os tipos de insetos.
  • Habitat: Ela se espalhou por muitos países da América do Sul por meio de navios que transportavam bananas. Geralmente habitam essas plantações nos portos tropicais do país e na região amazônica. Além disso, é considerada uma espécie “altamente agressiva”.
  • Veneno: É tão venenosa que só precisa de 6 gramas de veneno para matar 20 ratos. Sua picada causa perda respiratória, distúrbios cardíacos e morte por sufocamento. Em humanos, pode causar ereções dolorosas por várias horas.

Conselhos

  • Se você estiver viajando para áreas onde essa aranha vive, verifique sua bagagem e roupas antes de usá-las, pois elas tendem a se esconder entre esses itens.
  • Evite manipular plantações de banana, levantar toras ou plantações de frutas, a menos que acompanhado por um guia local.
  • Se você avistar uma, não a toque ou a encurrale sob nenhuma circunstância, pois as chances de ela atacar você são altas.
  • Em caso de picada, lembre-se: água, sabão e aplique pressão na picada para reduzir o sangramento.
  • Você pode levar a aranha com você ou tirar uma foto dela antes da picada para facilitar o diagnóstico e o tratamento.
  • Na Colômbia, existem antivenenos feitos a partir do veneno de aranha. No entanto, eles não estão disponíveis em muitos hospitais. Você deve ir a um hospital de referência que os tenha.

A Formiga-Bala

A formiga-bala (Paraponera clavata) é um inseto muito perigoso, com uma picada muito potente. Sua picada é trinta vezes mais intensa e dolorosa do que a de uma abelha ou vespa, assemelhando-se ao impacto de um tiro de bala. É o inseto com a picada mais dolorosa do mundo.

  • Comportamento: Elas não são agressivas, mas se tornam muito hostis quando precisam defender o ninho. Elas avisam antes de atacar, emitindo um mau odor como sinal de aviso.
  • Letalidade: Sua picada não é letal. No entanto, a dor latejante dura mais de 24 horas, causando paralisia temporária da área afetada, inchaço, calafrios e vermelhidão.
  • Dieta: Elas se alimentam de animais menores, como centopeias ou cupins. Também se alimentam do néctar de algumas plantas.
  • Características: São de cor marrom escura a avermelhada, medindo cerca de 2 centímetros e meio, uma das maiores formigas do mundo. Elas são encontradas nas florestas úmidas da costa do Pacífico colombiano, na Amazônia e na região da Orinoquia.
  • Ninhos: Elas constroem seus ninhos na base das árvores, não apenas cavando túneis imensos no solo, mas também penetrando nas raízes das árvores e criando colônias.

Conselhos

  • Vai sem dizer, mas você não deve andar descalço ou com sandálias em uma floresta amazônica. Você sempre deve usar sapatos como tênis ou calçados que cubram bem.
  • Outra boa dica é não perturbá-las ou perturbar seu ninho ou colônias, então evite tocá-las ou pisar nelas, acidentalmente ou não; você acabará pagando as consequências.
  • Em caso de picada, os tratamentos são simples. Você deve aplicar compressas frias mais uma dose alta de antialérgicos para evitar a disseminação do veneno. Você também deve manter a área afetada limpa.

A Cobra X

Quando se trata de cobras, a Colômbia registra 2.500 casos de mordidas de cobra por ano. No entanto, a cobra X é uma espécie muito famosa por seus ataques.

A cobra X (Bothrops atrox) é uma cobra venenosa da família das víboras.

  • Letalidade: De cada 100 pessoas atacadas, cinco inevitavelmente perdem a vida.
  • Características: Você pode facilmente identificá-la por sua cor marrom, verde-oliva ou cinza com manchas escuras em forma de X em suas costas. Ela pode medir até 2 metros de comprimento e pesar mais de 4 quilos.
  • Habitat: É uma cobra terrestre que habita as florestas úmidas do país, e é bastante comum vê-la nas planícies orientais, na região do Meta.
  • Comportamento: É uma cobra com comportamento muito agressivo que ataca muito rapidamente e sem dar tempo para reagir. Quando você a encontra, ela se enrolará rapidamente e emitirá um som para avisar que vai atacar e não hesitará em fazê-lo.
  • Dieta: Ela se alimenta de roedores, aves, lagartos e outras cobras. É uma das cobras mais temidas da América do Sul, pois causa a maioria dos acidentes por mordida de cobra na região.
  • Veneno: Sua mordida sempre causa hemorragia, necrose, edema, infecções e morte. É um veneno que afeta o sistema nervoso, o sistema circulatório e os tecidos.

Conselhos

  • As cobras habitam áreas arborizadas ou vegetação densa. Se você estiver fazendo expedições por essas áreas, pode levar um bastão ou uma vara para afastar as folhas ou galhos enquanto caminha.
  • Em caso de mordida, você deve permanecer calmo e manter o membro ou a área onde foi mordido completamente imóvel para reduzir a propagação do veneno. Você deve ir imediatamente a um centro de saúde recomendado.
  • Limpe bem a área (com água e sabão) e cubra a ferida com um pano ou uma peça de roupa limpa e, se possível, seca.
  • Felizmente, muitos hospitais e centros de saúde têm antiveneno especificamente para o tratamento de mordidas de cobra.

Mosquitos Aedes Aegypti

Os mosquitos Aedes (Aedes aegypti) são os principais transmissores de doenças como dengue, Zika e chikungunya. Todo ano na Colômbia, mais de 40.000 casos são relatados.

  • Distribuição: O maior impacto desses mosquitos é encontrado em 90% dos territórios colombianos localizados abaixo de 2.200 metros acima do nível do mar. Departamentos como Meta, Cundinamarca, Santander, Norte de Santander, costa do Pacífico e costa do Caribe colombiano são os mais afetados.
  • Habitat: Eles habitam berçários de água doce, se reproduzindo em recipientes como vasos de flores, pneus velhos, latas de lixo e outros lugares onde a água pode se acumular.
  • Comportamento: Esses mosquitos são conhecidos por seu voo silencioso. O som característico de zumbido não é muito comum nesta espécie, o que a torna mais assustadora.
  • Transmissão de doenças: As fêmeas são responsáveis por transmitir doenças como dengue, Zika, chikungunya e febre amarela, pois se alimentam de sangue para completar o desenvolvimento de seus ovos.
  • Cheiro: Eles têm um olfato aguçado que lhes permite localizar seus hospedeiros (humanos) a longas distâncias. Por exemplo, se você suar muito, isso os atrairá.

Conselhos

  • Se você estiver hospedado em algum lugar, sempre lembre-se de trazer repelente de insetos.
  • Verifique antecipadamente se não há objetos onde a água possa se acumular, como vasos, baldes ou garrafas, pois é onde os mosquitos colocam seus ovos e se reproduzem.
  • Se você tiver uma picada, deve consultar um médico se tiver sintomas como febre, dor de cabeça, erupção cutânea, dor nas articulações, fadiga intensa ou sangramento.
  • É aconselhável não expor a área da ferida ao sol, pois pode sensibilizar a pele e piorar os sintomas.
  • Atualmente, não há tratamento específico para essas doenças, portanto, é sintomático, o que significa que você deve tratá-las com medicamentos até se recuperar completamente.
  • Os sintomas podem durar dias, semanas ou alguns meses até você se recuperar totalmente, o que é completamente normal.

Mais experiências de turismo de natureza na Colômbia

Aqui encontrará uma lista de destinos incríveis para caminhadas e outras actividades na natureza na Colômbia:

Onde ver animais na Colômbia?

Search

About Author

Frank

Frank

Olá, eu sou Frank Spitzer, o fundador e o coração por trás da Pelecanus, uma operadora de turismo especializada em viagens na Colômbia. Meu percurso em viagens é amplo — já viajei para mais de 60 países, absorvendo culturas, experiências e histórias. Desde 2017, tenho usado essa riqueza global de experiência para criar experiências de viagem inesquecíveis na Colômbia.Sou reconhecido como uma das principais autoridades em turismo colombiano e tenho uma profunda paixão por compartilhar esse belo país com o mundo. Você pode ver um pouco das minhas aventuras de viagem e percepções sobre a Colômbia no meu canal do YouTube. Também sou ativo em plataformas de mídias sociais, como TikTok, Facebook, Instagram e Pinterest, onde compartilho a cultura vibrante e as paisagens deslumbrantes da Colômbia. Para fazer contatos profissionais, fique à vontade para se conectar comigo no LinkedIn. Junte-se a mim nesta incrível jornada e vamos explorar as maravilhas da Colômbia juntos!

youtube Facebook Instagram Pinterest Tiktok